Kit 12 unidades Álcool em Gel 70

Clique e veja!
  • Kit 12 unidades com preço especial do Álcool em Gel 70 é um composto com ação desinfetante para mãos, superfícies e brinquedos eróticos, que elimina agentes patogênicos como bactérias, fungos e vírus, como o que provoca o novo coronavirus (Covid-19).

  • Referência:   39212
R$ 138,47
R$ 46,80
R$ 46,80 à vista.
Esse produto encontra-se indisponível.Deixe seu contato que avisaremos quando chegar.

Kit 12 unidades Álcool em Gel 70, nesse kit cada alcool sai por 8,50

Alcool em Gel 70

 

O Álcool em Gel 70  é um composto com ação desinfetante que elimina agentes patogênicos como bactérias, fungos e vários tipos de vírus, como o que provoca o novo coronavirus (Covid-19). Seu uso é indicado para mãos, superfícies e brinquedos eróticos, como vibradores, próteses (pênis realísticos), masturbadores, plugs, anéis, capas, desenvolvedores, entre outros. Para acessórios feitos em cyberskin, é recomendável utilizar talco próprio para melhor conservação do produto após a sua higienização. Em caso de dúvida, verifique com o fabricante do brinquedo erótico se o material é compatível com o álcool em gel 70.

O que é o Novo Coronavirus

 

O Novo Coronavirus (Covid-19) é uma doença infecciosa respiratória caracterizada por sintomas semelhantes aos de uma gripe comum (dor de garganta, coriza e febre). Porém, em casos mais graves ele causa dificuldade em respirar e pode levar à morte, sobretudo se a pessoa contaminada for idosa e/ou apresentar agravantes como asma, diabetes e doença cardíaca. Para prevenir o coronavírus é necessário evitar contato próximo com outras pessoas, proteger nariz e boca com lenço ou cotovelos ao espirrar e tossir e higienizar sempre as mãos água e sabão ou com o alcool em gel 70.

Por que o Alcool em Gel 70 é eficiente contra o Novo Coronavirus (Covid-19)?

 

Em 2009 o uso do alcool em gel 70% se popularizou quando a gripe suína (Influenza A) teve seu apogeu, fazendo com que este produto se incorporasse aos hábitos de higiene da população. Unidades de saúde, estabelecimentos públicos e privados, restaurantes, shoppings, terminais de ônibus passaram a disponibilizar o item para os indivíduos higienizarem as mãos. Graças a este fato, a incidência de muitas doenças infectocontagiosas diminuiu notavelmente neste período. Como isso verificou-se a eficácia de adotar o alcool em gel 70% no dia-a-dia e agora, para a proteção contra o Novo Coronavirus (Covid-19).

O vírus tem sua membrana constituída de proteínas e de estruturas lipídicas. O alcool em gel 70 age rompendo esta estrutura e matando o vírus. O Alcool em Gel 70 é o mais eficaz para desnaturar a parede celular do micro-organismo. Concentrações abaixo de 70 não são capazes de matar o vírus. E as concentrações acima de 70% evaporam muito rápido e acabam ficando menos tempo em contato com o vírus. Por isso não dá tempo de ocasionar a morte do vírus. Além disso, há o risco maior de incêndios ao utilizar alcool em concentração superior a 70%.

Vantagens em utilizar o Alcool em Gel 70

 

O Alcool em Gel 70 além de combater a presença de agentes patogênicos na pele e em superfícies, também funciona como preventivo para evitar o crescimento de bactérias e vírus sobre as mãos. Possui ação residual, ou seja, o tempo que permanece nas mãos é consideravelmente superior. Em poucos segundos o alcool em gel 70 elimina 99,9 % dos fungos, das bactérias e dos vírus. Sua ação também é eficaz contra o vírus H1N1 (que causa a Influenza A ou gripe suína), além do SARS-CoV-2 (causador do coronavírus).

 

Além destas vantagens, o alcool em gel 70 apresenta baixo custo, é mais seguro que o álcool líquido por ser menos inflamável e por não ter propriedade explosiva. Ele não é tóxico, pois os seus aditivos para controlar sua explosividade e retardar o tempo de chama são atóxicos. Quando ele derrama, ainda que em chamas, ele não se espalha, mantendo o fogo contido. Isto se deve à viscosidade apresentada por ele. O alcool em gel 70 possui ação desinfetante rápida e não deixa resíduos por ser incolor.

Como utilizar o Alcool em Gel 70

 

Retire anéis, pulseiras e quaisquer outros adornos dos pulsos, das mãos e dos dedos. Aplique o alcool em gel 70 na palma de uma das mãos e espalhe pelas duas mãos. Deve-se aplicar em toda a superfície das mãos até que o alcool em gel 70 seque. É importante não deixar nenhuma parte das mãos sem aplicação para garantir a eficácia de sua ação bactericida, germicida, fungicida e viricida. O processo de aplicação deve durar 20 segundos aproximadamente. O alcool em gel 70 também pode ser aplicado em maçanetas, balcões, teclados, cadeiras, celulares e outros objetos de uso coletivo ou que sejam manuseados com freqüência.

 

As nossas mãos estão constantemente em contato com superfícies contaminadas por bactérias, fungos e vírus. Estas superfícies podem ser corrimão, controle remoto, celular, dinheiro, maçaneta, teclado, etc. Ao levarmos as mãos que tocaram essas superfícies à boca, aos olhos e ao nariz, elas se tornam a principal via de transmissão desses micro organismos. Para evitar esse tipo de contaminação, o alcool em gel 70 é essencial. Sempre que não houver água e sabão por perto para higienizar as mãos, o alcool em gel 70 deverá ser utilizado.

Diferença entre os alcoois

 

A diferença básica entre eles é a concentração do álcool etílico. Quanto maior a porcentagem, maior será a quantidade álcool contida no produto. 100 ml do álcool 46% são constituídos de 46 mililitros de álcool etílico e 54 mililitros de água. Em 100 ml de álcool 70% há 70 mililitros de álcool etílico e 30 mililitros de água. Já no álcool 96% há 96 mililitros de álcool e 4 mililitros de água. A atividade antimicrobiana do álcool decresce acentuadamente nos dois extremos (em grau inferior a 50% e superior a 70%).

O álcool líquido usado para limpar a casa não tem o mesmo poder bactericida contra o coronavirus que o alcool em gel 70 possui. Esta ação bactericida se torna cada vez menor quando a porcentagem se torna inferior a 70%. E quando a porcentagem aumenta, a ação também é ineficaz, pois a rápida volatização não permite que se penetre na célula e conseqüentemente, o micro organismo não morre. Portanto, a porcentagem de álcool mais eficaz é e 50 a 70%, sendo a máxima a 70% de diluição, sendo tão eficaz quanto água e sabão.

Como o Alcool em Gel 70% é fabricado

Para se produzir o alcool em Gel 70%, é necessário fabricar o álcool etílico líquido comum. Obtém-se o álcool etílico líquido pela fermentação do açúcar. Depois este processo, ocorre a destilação fracionada, por meio da qual se separam componentes em estado líquido ou gasoso de uma mistura homogênea. A partir desta etapa, o álcool 96% é obtido. Em seguida o álcool será misturado a água, um espessante chamado carbopol e trietanolamina que irá ajustar o ph. Assim, sua concentração baixará para 70% e o álcool se transformará em gel.

Por que não usar álcool caseiro

Com o surgimento do novo coronavirus, a procura pelo alcool em gel 70 aumentou substancialmente, fazendo o produto sumir das prateleiras. Diante disso, surgiram inúmeras receitas de alcool em gel caseiro que têm sido divulgadas amplamente pela Internet. Autoridades de saúde alertam que alcool em gel caseiro não tem efetividade comprovada contra o Covid-19 e pode causar danos à saúde, como alergias, erupções cutâneas e infecções. Pode até não apresentar efeito colateral, mas não oferecerá proteção contra o coronavirus de acordo com especialistas.

A importância do alcool em gel 70

 

Nem todo mundo possui o hábito de lavar as mãos, sobretudo de forma adequada, esfregando todas as partes das mãos, como costas das mesmas, cada um dos dedos, entre eles e nas suas extremidades. Considerando esta realidade juntamente com o fato de nem sempre haver água e sabão por perto, o álcool se torna uma excelente alternativa para higienizar as mãos. Por tocarmos em objetos contaminados, levarmos as mãos ao rosto quando espirramos, irmos ao banheiro, prepararmos alimentos e cumprimentarmos pessoas, devemos sempre priorizar a higienização desta parte do corpo.

Quando higienizar as mãos com alcool em gel 70

 

Após ir ao banheiro; antes e após tossir, espirrar, coçar, assoar ou tocar o nariz; antes e após manipular ferimentos e machucados; após limpar, brincar ou alimentar um animal; após ir ao banheiro; após manipular o lixo; antes de comer ou manusear alimentos; antes de ter contato com mucosas corporais, como colocar lentes de contato; antes de tocar em qualquer coisa que vá à boca de bebês; após trocar fraldas ou ajudar uma criança a se limpar; após usar transportes públicos; após manusear dinheiro; antes e após visitar unidades de saúde como hospitais, clínicas, postos de saúde, prontos socorros, etc.

Curiosidade sobre o alcool em gel 70

O alcool em gel foi inventado pela enfermeira latina Lupe Hernandez, na época estudante de enfermagem em Baskerfield, na Califórnia, ano de 1966. A jovem desenvolveu a fórmula do alcool em gel pela necessidade que os profissionais de saúde tinham em desinfetar as mãos, já que a assepsia é necessária para entrar em contato com os pacientes. E nem sempre havia disponibilidade de água e sabão para tal. Até os anos 80 esse tipo de álcool era utilizado apenas em hospitais e consultórios. Só depois dessa década é que passou a ser acessível para todos.

Álcool em Gel 70: Mitos e Verdades

Higienizar demais com alcool em gel 70 pode prejudicar a flora bacteriana das mãos

 

Mito. Em nossas mãos há microorganismos positivos que são os que formam a flora bacteriana. Há também os micro organismo negativos que são transitórios, que são os que podem transmitir doenças. Os dois tipos podem ser eliminados quando higienizamos as mãos porém os micro organismos bons residem em camadas mais internas da pele. E quando eliminados, eles são logo restabelecidos também. Por isso, não há restrição em higienizar as mãos várias vezes ao dia. É fundamental realizar a assepsia dessa parte do corpo sempre que necessário.

É necessário retirar jóias das mãos e pulso para higienizar as mãos com alcool em gel 70

 

Verdade. Em objetos como anéis, alianças, relógios, braceletes e pulseiras acumulam-se muitos micro organismos. Ao higienizar as mãos é necessário retirá-los para evitar a contaminação ou a transmissão de vírus e bactérias. Sobretudo quando se submeter a situações propícias como tratamento de machucados, visita a doentes, manuseio ou preparo de alimentos, ao ter contato com mucosas corporais, etc. O ideal é guardar estes objetos de adorno, higienizar as mãos com o álcool em gel 70 e assim a proteção estará garantida.

Usar luvas substitui a higienização das mãos com alcool em gel 70

Mito. As luvas podem até reduzir os riscos de contaminação pelas mãos. Entretanto, assim como as máscaras, embora sejam itens de proteção, elas podem também aumentar este risco no momento de retirá-las. A higienização das mãos com alcool em gel 70 continua sendo uma das principais medidas na redução do risco de transmissão de agentes biológicos.

Falta de higienização das mãos com alcool em gel 70 pode ocasionar infecções hospitalares

 

Verdade. Tanto profissionais da área de saúde quanto parentes e acompanhantes devem sempre higienizar bem as mãos antes e após o contato com os pacientes internados em hospitais para evitar infecções. Os profissionais de saúde precisam fazer essa higiene em cinco momentos: antes de ter contato com o paciente; antes do procedimento asséptico; após risco de exposição a fluidos corporais; após contato com o paciente e após contato com as áreas próximas aos pacientes.

Quando fica empelotado, o alcool em gel 70 deve ser descartado

Mito. Dependendo da embalagem (geralmente frascos que possuem válvula pump) pode ser que o álcool em gel 70 empelote na saída do dispensador devido ao contato com o ar. Desde que o produto esteja dentro do prazo de validade, em local fresco e arejado, não há motivos para descartá-lo caso fique empelotado. Basta remover estas partes ressecadas da embalagem e continuar usando o alcool em gel 70 normalmente.


Composição do álcool e do álcool em gel 70


O álcool apresenta na sua cadeia carbônica o grupo hidroxila ligado a um carbono saturado. São nomeados de acordo com o número de carbonos e o tipo de ligação que eles têm. Todos terminal com ?ol. Exemplos: Etanol (álcool etílico), propanol (álcool propílico), isopropanol (álcool isopropílico), metanol (álcool metílico). Já o álcool em gel 70 é composto por álcool etílico, carbopol, trietanolamina e água.

Dimensões do Álcool em Gel 70

70 220 mm x 60 mm.

Contém 500 ml / 420 g.

Conservação e Precauções do Álcool em Gel 70

Deve ser mantido em local fresco e arejado, ao abrigo da luz. Não expor à temperatura acima de 40 ºC por ser inflamável. Não derramar sobre o fogo, manter afastado do fogo e do calor. Fechar bem a embalagem por segurança. Não perfurar a tampa da embalagem. Não reutilizar a embalagem vazia. Evite inalar ou aspirar o produto. Evite contato do produto com olhos e mucosa. Se houver contato com os olhos, lavar com água em abundância. Em caso de ingestão, não provocar vômito. Consultar imediatamente o Centro de Intoxicações (08000 148110) ou o Serviço de Saúde mais próximo. Suspenda o uso em caso de irritação.

Imagens meramente ilustrativas.

 

 

 

 

 

Tecnologia
iSET - Plataforma de E-commerce para criar loja virtual
Plataforma de E-commerce para criar loja virtual